Fiscalização / Estrutura

O CRF-PR possui, além da sede situada em Curitiba, seis seccionais situadas nas cidades de Ponta Grossa, Londrina, Maringá,  Cascavel, Francisco Beltrão e Umuarama. 
 
Estas seccionais oferecem todos os serviços utilizados pelos profissionais e empresários, incluindo inscrição de profissionais e registro de empresas e estabelecimentos farmacêuticos, bem como possuem estrutura necessária à fiscalização e às Comissões de Ética Descentralizadas.
 
Os fiscais que atuam nas diversas regiões do Estado, recebem do Conselho a infraestrutura necessária para desempenhar a fiscalização da melhor forma possível, tais como Tablets para Fiscalização Eletrônica Móvel (FEM), veículos para locomoção, além de outros materiais necessários para obtenção de uma fiscalização de qualidade.

Departamento de Fiscalização

Márcio

Márcio Augusto Antoniassi
    Vice-Presidente/CRF-PR     
Diretor da Fiscalização
      Eduardo  Pazim    
    Gerente da Fiscalização    
Tayna Lima 
Farmacêutica Orientadora

Marcelo Polak
Fiscal - Curitiba e Região Metropolitana
Eduardo Freitas
Fiscal - Curitiba e Região Metropolitana
Gabriele Luize
Fiscal - Curitiba

Nayana Banhara
Fiscal - Curitiba
Ribamar Schmitz
Fiscal - Ponta Grossa
Welinson Fabrício
Fiscal - Ponta Grossa

Jorge Salem
Fiscal - Maringá
Silvio Franchetti
Fiscal - Maringá
Luciano Pacheco
Fiscal - Maringá

Edson Siqueira
Fiscal - Cascavel
Lais Zuzzi
Fiscal - Cascavel
Edson Garcia
Fiscal - Londrina

Luana Carvalho
Fiscal - Londrina e
Norte Pioneiro
José Pacola
Fiscal - Francisco Beltrão
Zilvani Bernardo
Fiscal - Umuarama

   
Zilvani Bernardo
Fiscal - Umuarama
   
 

Administrativo

Vanessa Terezinha Panek
 Supervisora Fiscalização
      Karoline Chuery    
    Administrativo    
Douglas Silvio Viegas
Administrativo

   
Walkir Luiz Vilaça Costa
Administrativo
Eduarda Cinzia dos Santos
Administrativo
 


Organização

A Fiscalização do CRF/PR tem como  abrangência a atuação em todos os 399 municípios existentes no estado do Paraná. Atualmente 16 Farmacêuticos fiscais, que estão descentralizados  e divididos em 11 regiões, sendo 5 fiscais em Curitiba e Região Metropolitana, 3 fiscais em Maringá,  2 fiscais em Cascavel-Foz,  2 Fiscais em Ponta Grossa e 1 fiscal nas cidades de Londrina, Francisco Beltrão, Umuarama e Santo Antônio da Platina. Essa distribuição confere otimização e agilidade à fiscalização, e evita grandes deslocamentos.