Notícia: Orientação ao farmacêutico

Publicado em 07/01/2022

Orientação ao farmacêutico


Orientação ao farmacêutico

Atualmente são conhecidos três tipos de vírus influenza: A, B e C. O tipo A é classificado em subtipos como o A(H1N1) e o A(H3N2). Já o B é dividido em duas linhagens: Victoria e Yamagata. O tipo C costuma provocar alguns casos mais leves.

Uma nova cepa de vírus influenza do subtipo A(H3N2), batizada de Darwin e recém-descoberta na Austrália, tem gerado surtos regionais pelo país em um período atípico.

O grande número de pessoas infectadas pode ser o resultado da combinação de uma circulação reduzida do vírus influenza em 2020 com a baixa adesão à campanha de vacinação desse ano, além da flexibilização das medidas de restrição e prevenção adotadas contra a Covid-19.

Transmissão

A mais comum é a direta de pessoa a pessoa por meio de gotículas expelidas pelo paciente infectado ao falar, espirrar ou tossir. Também há a transmissão indireta por meio de contato com secreções de pacientes doentes.

Sintomas

Todos os tipos de vírus podem provocar sintomas como febre alta, tosse, garganta inflamada, dores de cabeça, no corpo e nas articulações, calafrios e fadiga.

Mesmo com letalidade menor que a Covid-19, o H3N2 tem mais chances de evoluir para casos graves em grupos de risco, como crianças, idosos, gestantes e indivíduos com comorbidades.

Vacina

Atualmente, o Brasil possui vacinas que protegem contra o vírus influenza A e B, no entanto, elas não são específicas para H3N2 responsável pelos surtos atuais. Mesmo assim, é recomendado que a vacinação continue com o imunobiológico existente para que a infecção por qualquer tipo de vírus seja dificultada.

A vacina composta pelos vírus A(H1N1), A(H3N2) (do subtipo Darwin) e a cepa B já está sendo produzida no Brasil e a previsão de entrega para o governo é entre março e abril de 2022.

Medicamento

Oseltamivir é indicado para quadros agudos não complicados devido à infecção por influenza em pacientes (adultos e crianças acima de um ano de idade) que tenham apresentado sintomas de gripe por no máximo dois dias. Segundo a SESA-PR o medicamento já foi disponibilizado para todas as Regionais de Saúde e os estoques permanecem abastecidos.

Orientação

No momento é impossível distinguir clinicamente os casos de Influenza e os de Covid-19, por isso é necessário o reforço de orientações para conter o avanço dos dois agravos.

Os cuidados quanto à prevenção são os mesmos que evitam a transmissão da Covid-19, como distanciamento social, evitar aglomerações, uso de máscaras, higiene constante das mãos e etiqueta respiratória.

Em caso de sintomas, o paciente deve procurar um serviço de saúde para atendimento.

Pacientes com sintomas de gripe devem evitar sair de casa no período de transmissão da doença (até sete dias após o início dos sintomas).

 

 

Referências:

BRASIL. Instituto Butantan. Vacina com nova cepa da influenza já está sendo produzida pelo Butantan. Disponível em: <https://butantan.gov.br/noticias/vacina-com-nova-cepa-da-influenza-ja-esta-sendo-produzida-pelo-butantan>. Acesso em 05 jan. 2022.

BRASIL. Ministério da Saúde. Gripe (influenza). Disponível em: <https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/g/gripe-influenza>. Acesso em 05 jan. 2022.

BRASIL. Ministério da Saúde. H3N2: novo vírus influenza em circulação no país. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/h3n2-novo-virus-influenza-em-circulacao-no-pais/>. Acesso em 05 jan. 2022.

CURITIBA. Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba. Alerta/Nota Informativa 04/01/2022. Assunto: Circulação combinada de Covid-19 e Influenza A (H3N2), jan. 2022.

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ. H3N2 Darwin: saiba mais sobre o tipo de vírus influenza em circulação no país. Disponível em: <https://portal.fiocruz.br/noticia/h3n2-darwin-saiba-mais-sobre-o-tipo-do-virus-influenza-em-circulacao-no-pais>. Acesso em 05 jan. 2022.

IBM MICROMEDEX. Drugdex. Greenwood Village: IBM Watson Health. Disponível em: <http://www.micromedexsolutions.com>. Acesso em 05 jan. 2022.

PARANÁ. Secretaria da Saúde do Estado do Paraná. Influenza: Paraná soma 262 casos de Influenza H3N2. Disponível em: <https://www.saude.pr.gov.br/Noticia/Parana-soma-262-casos-de-Influenza-H3N2-transmissao-da-doenca-e-considerada-comunitaria>. Acesso em 05 jan. 2022.

TAMIFLU: oseltamivir/cápsulas. Responsável técnico: Tatiana Tsiomis Díaz. Rio de Janeiro: Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A., 2021. 1 bula para profissionais.


Fonte: CIM/CRF-PR

topo