Free cookie consent management tool by TermsFeed

Utilize o teclado para navegar, com Ctrl + nº da tecla

  Menu   Conteúdo   Busca   Lei Geral de Proteção de Dados   Acessibilidade
  Fonte Maior   Fonte Maior   Fonte Padrão
  Cor Original   Contraste
Estruturas Administrativas

Fiscalização


Tipo: Gerais
Email: [email protected]

 

FISCALIZAÇÃO/O QUE É

O Trabalho da Fiscalização é uma atividade básica e faz parte de um dos principais pilares do Conselho Regional de Farmácia do Paraná - CRF-PR, em conformidade com a Lei Federal 3.820/1960. A fiscalização é considerada o principal procedimento para a execução de mudanças que a profissão necessita para se adequar à realidade dinâmica do exigente mercado Farmacêutico, que requer, cada vez mais, profissionais melhores qualificados para o exercício profissional e atendimento a qualquer dia e horário aos usuários.

Diante dessa realidade, a Fiscalização do exercício profissional farmacêutico no Paraná tem passado por alterações a cada ano. As melhorias adotadas buscam sempre dar continuidade e aprimorar o trabalho introduzido ao longo desses anos pelo Conselho Regional de Farmácia do Paraná - CRF-PR, consolidando a Assistência Farmacêutica no Estado como primordial.

OBJETIVOS E METAS

- Coletar dados referentes à atividade do profissional farmacêutico com a finalidade de comprovar a sua importância na assistência à saúde da população;

- Coibir que atos exclusivos dos farmacêuticos sejam executados por outros, garantindo à população a segurança e qualidade na assistência à saúde;

- Trabalhar para ampliar a cobertura da assistência farmacêutica em todos os estabelecimentos os quais requer o profissional farmacêutico, sendo em todas as áreas de atuação profissional;

- Apurar as denúncias que chegarem ao Setor de Fiscalização com as providências cabíveis, sempre mantendo a discrição e justiça baseadas em constatações, encaminhando o que não for de sua alçada aos órgãos competentes;

- Desenvolver ações conjuntas com outros órgãos como Promotorias, Vigilâncias Sanitárias, ANVISA, órgãos de defesa do consumidor e entidades policiais, com intuito de proteger a população dos perigos inerentes a alguns estabelecimentos e profissionais;

- Participar do processo evolutivo da profissão farmacêutica através de orientações aos profissionais farmacêuticos, sendo este a qualquer tempo ou local;

- Colaborar com a Diretoria, Plenário do CRF-PR e as comissões assessoras para a melhoria da assistência farmacêutica em cada área da profissão;

- Colaborar na realização dos Cursos e eventos com o propósito de prevenção das atividades fiscalizadoras.

INFORMAÇÕES

Em caso de dúvidas, entrar em contato com o Departamento de Fiscalização através do e-mail: [email protected]

Para um melhor aproveitamento dos recursos e produtividade, o CRF-PR possui fiscais descentralizados entre a sede situada em Curitiba, nas quatro cidades onde existem seccionais (Ponta Grossa, Londrina, Maringá, Cascavel) além de fiscais sediados em cidades consideradas estratégicas na regionalização do Estado. Assim dividimos o Estado em 12 regiões, onde cada uma destas regiões possui pelo menos um farmacêutico fiscal.

Os fiscais que atuam nas diversas regiões do Estado, recebem do CRF-PR a infraestrutura necessária para desempenhar a fiscalização da melhor forma possível, tais como Tablets para Fiscalização Eletrônica Móvel (FEM), veículos para locomoção, além de vários outros materiais necessários para obtenção de uma fiscalização de qualidade.

Organização

A Fiscalização do CRF-PR tem como meta a abrangência em todos os 399 municípios existentes no Estado do Paraná, assim como a atuação em todos os tipos de estabelecimentos que possuem a assistência técnica pelo Profissional Farmacêutico. Atualmente possuímos 16 Farmacêuticos Fiscais, que estão descentralizados e divididos em 13 regiões, sendo 6 fiscais em Curitiba, para fiscalização da Capital, Região Metropolitana e Litoral, 3 fiscais na região Noroeste (Maringá), 2 fiscais na região Oeste (Cascavel e Toledo), 2 fiscais para Região Centro Sul (1 Fiscal em Ponta Grossa e 1 Fiscal em Guarapuava), 2 fiscais para Região Norte (1 fiscal em Londrina e 1 em Santo Antônio da Platina) e mais um fiscal na região Sudoeste (Francisco Beltrão). Essa distribuição confere otimização e agilidade à fiscalização, e evita grandes deslocamentos.
 
content_copy
Cópia de PAF

Cópia de PAF

folder_open
Solicitações de Documentos

Documentos

save
Resposta ao Termo de Intimação

Resposta ao Termo de Intimação


topo